Quem não pode fazer invertida sobre a cabeça?

Atualizado: 9 de mar. de 2021




As invertidas sobre a cabeça possuem inúmeros benefícios físicos, mentais, emocionais e energéticos. Mas, como qualquer outro exercício, existem contraindicações:


• Pós operatórios recentes;

• Crise de labirintites (relativo);

• Crise de enxaqueca (relativo);

• Pressão arterial alta ou baixa, descontrolada;

• Glaucoma, deslocamento de retina;

• Hérnia de disco cervical que ainda não foi tratada;

• Lesões agudas na região cervical;

• Artrose grave em região cervical;

• Cifose torácica muito acentuada;

• Cardiopatias;

• Crises de refluxos graves;

• Gestação de risco, ou quando a gestante nunca havia feito invertida antes;


Grávidas podem fazer?

Claro!! PORÉM, se já praticavam antes da gestação, se dominam, se estão acompanhadas de um profissional experiente nas suas práticas e se não sentem nenhum desconforto durante esta postura.




Pessoas quem tem hérnia discal pode praticar?

Isso deve ser avaliado pelo instrutor, pois cada caso é um caso. Principalmente hérnia na região cervical, onde é colocado mais peso. O ideal é realizar um bom trabalho de fortalecimento e estabilidade nessa região, e depois disso, provavelmente esta pessoa poderá realizar as invertidas com tranquilidade. As invertidas também são formas de fortalecer a coluna, mas deve-se ter um bom acompanhamento do profissional e um plano de evolução seguro. Evitar fazer na fase aguda!


Mulheres podem fazer durante ciclo menstrual?

Esta pergunta é bem polêmica. Durante muito tempo, não era indicada essa prática na fase menstrual, por alguns motivos:

Cultural: mulheres deveriam, em algumas culturas, se recolher nesse momento sagrado. Como alguns sabem, mulheres menstruadas não podiam nem lavar o cabelo.

Energético: Nesta fase, ocorre eliminação de resíduos, uma limpeza no corpo feminino, e as posturas de cabeça pra baixo podem interferir nesta limpeza. E a energia vital (prana) pode ter interferência e não fluir no corpo físico como deveria.

Não há explicações científicas que comprovem influência negativa neste período. Portanto, levamos em conta o bom senso, e podemos realizar se a praticante se sentir confortável e feliz!


O ideal é sempre começar a praticar na hora certa, quando seu corpo está preparado, forte e flexível, e evoluir com consciência. Realizar as invertidas com respeito ao seu próprio corpo é a opção certa: você colhe muitos benefícios e se diverte muito!


Por Morgana Resende - em 07/07/2020.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo